fbpx

Agentes de combate a Dengue fazem vistorias em casas

Os trabalhos de combate ao Aedes Aegipty estão sendo intensificados em Teófilo Otoni. Os 7 grupos de agentes são espalhados de forma estratégica em toda a cidade para que a proliferação do mosquito causador da dengue, Zika e Chycugunnya, seja combatida. E neste período chuvoso, é necessário mais cuidado já que as chances dos focos são bem maiores.

Por dias, cerca de 1000 a 1500 residências são visitadas por dia. Cada agente consegue fiscalizar até 35 casas diariamente. De acordo com o coordenador de Vigilância Ambiental, a situação de Teófilo Otoni em relação ao mosquito é séria. O último Liraa registrou um índice de infestação de 2,9%. Quase três vezes mais que o aceitável pelo ministério da saúde que é de apenas 1%.

Nos bairros São Benedito e Serra Verde os agentes registraram o maior numero de casos de foco do mosquito. Ainda de acordo com o coordenador, a falta de água frequente nos bairros, Vila Betel, Cidade Nova, taquara, entre outros, influencia bastante na proliferação do mosquito pelo fato dos moradores criarem o costume de armazenar água.

Em toda a cidade de Teófilo Otoni, existem cerca de 73 mil imóveis. Os 98 agente que combatem o Aedes Aegypti conseguem fiscalizar até 95% desses imóveis durante todo o ano. Os trabalhos diminuem bastante o foco dos mosquitos, mas sem a ajuda da população, a dificuldade só aumenta.

As larvas levam cerca de 10 dias para se tornarem um mosquito. Eles vivem de 35 a 40 dias, e durante esse tempo, as fêmeas podem espalhar até 500 ovos. E são nos lugares mais esquecidos da casa que há maiores chances de proliferação. A agente de Combate a Endemias Elizabeth Batista conta que é necessário olhar tudo. Até mesmo atrás das geladeiras.

Para assistir outras matérias e ficar por dentro das notícias do Leste e Nordeste de minas e dos bastidores da TV Leste acesse nossas outras plataformas:

Site: www.tvleste.com.br
Facebook: www.facebook.com/TVLeste
Instagram: www.instagram.com/tvlesteof

Ultimas Notícias

Brincadeira perigosa! Soltar pipas e “Papagaios” perto de rede elétrica

A pratica de “Empinar” pipas e papagaios é uma tradição muito popular.

Tênis: atletas valadarenses se destacam em competições pelo empenho nos treinos

Um esporte que também é disputado em Governador Valadares é o tênis. Nas competições realizadas dentro e fora da cidade,

Baixa procura pela vacinação contra a gripe preocupa setor de imunização em Gov. Valadares

Há três semanas do fim da campanha de vacinação contra a gripe, a cobertura vacinal em Governador Valadares

Covid-19 em Manhuaçu: início da vacinação para trabalhadores da educação

Os trabalhadores da educação básica começaram a ser vacinados contra a Covid-19 em Manhuaçu.